Escrito por Erik Weijers há 6 meses

Três atualizações sobre a adoção da Bitcoin

À medida que o preço da Bitcoin avança lenta, mas asseguradamente, para cima, as boas notícias continuam a surgir. Apenas um evento noticioso menos bom surgiu nos últimos dias. Listamos três atualizações sobre a adoção, começando pelas boas notícias da Terra e das Honduras.

A Terra inicia a mega compra de Bitcoin

Dado que a Terra quer tornar o seu principal produto, a stablecoin UST, o mais intocável possível, esta começou a acumular as suas reservas. Não em dólares, mas sim em... Bitcoin. Os primeiros 125 milhões de USD em Bitcoin foram supostamente comprados. Segundo o fundador da Terra, Do Kwon, o objetivo é eventualmente acumular 10 mil milhões de USD. Isto, como é óbvio, é bullish para a Bitcoin. Isto retira a Bitcoin das bolsas. Acima de tudo, talvez, é que a Bitcoin recebe efetivamente o estatuto de moeda de reserva entre as criptomoedas. O papel da Bitcoin enquanto “garantia pristina” tem sido há muito especulado. É curioso constatar que isto também está a ser colocado em prática.

Porque é que a Terra está a fazer isto? A UST, afinal de contas, é uma stablecoin que tem funcionado lindamente sem garantias. Até agora, a UST só tem sido mantida algoritmicamente estável pela LUNA. A UST suportou grandes impactos no mercado das criptomoedas com distinção. Não obstante, a Terra sentiu aparentemente a necessidade de elaborar uma almofada financeira para situações de emergência. Aquilo que a Terra está a fazer é similar à forma como os bancos centrais costumavam (e em parte ainda o fazem) deter reservas de ouro para proteger as suas moedas contra a inflação.

Honduras sugere que a Bitcoin pode tornar-se moeda corrente

Há rumores cada vez mais palpáveis de que as Honduras, tal como El Salvador, introduzirão a Bitcoin como moeda corrente. Max Keiser já criou uma sugestão: a bandeira das Honduras num tweet. Segundo fontes não confirmadas, a presidente das Honduras, Xiomara Castro, sugeriu que o país, tal como El Salvador, não quer depender assim tanto do dólar. Os próximos dias ou semanas dirão se os rumores são, ou não, verdadeiros.

A emissão de títulos vulcão foi adiada

As notícias menos boas vêm de El Salvador. Era suposto o país começar a emitir os designados títulos vulcão esta semana. No entanto, estes foram adiados até setembro de 2022. Ao emitir os títulos, El Salvador pretendia angariar mil milhões para comprar Bitcoin e financiar a nova Cidade Bitcoin. O ministro das finanças de El Salvador citou as fracas condições de mercado como motivo para o adiamento. Curiosamente, ele afirma que há amplas assinaturas para os títulos: supostamente, 1,5 mil milhões em títulos já foram reservados pelos investidores. A verdade constatar-se-á mais adiante neste ano.

Atualização bónus: o governo malaio está a demonstrar interesse

O vice-ministro do Ministério de Comunicações da Malásia quer que a criptomoeda se torne uma moeda corrente. O ministro mudou radicalmente a sua posição, após ter declarado anteriormente que a criptomoeda não exibe características de uma moeda. Agora, ele designa-a como as finanças do futuro. Um dos seus objetivos reconhecidos é atrair investidores. Entretanto, o governo malaio também está à procura de introduzir a sua respetiva Moeda Digital do Banco Central.

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +80 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app