Escrito por Robert Steinadler há 3 meses

Sobrecolaterizado: como a stablecoin da Cardano Djed está a responder às dúvidas

As stablecoins ficaram sobre escrutínio após o colapso da Terra. Pela primeira vez, investidores e reguladores perguntavam quanta confiança podemos ter nestes produtos. As últimas semanas demonstraram que a maioria das stablecoins é, de facto, estável e que empresas como a Tether podem compensar os clientes com dólares americanos reais.

A Cardano aguarda com expetativa o lançamento da sua respetiva stablecoin numa parceria com a Coti. O que é a Djed e como é que esta stablecoin poderá ser mais resiliente do que as outras?

A Djed é uma stablecoin algorítmica

Para indexar o valor da Djed ao dólar americano, há outros dois tokens envolvidos. O primeiro é a ADA, a criptomoedas nativa da blockchain Cardano. Sempre que um utilizador quiser cunhar a Djed, ele tem de enviar ADA para o contrato inteligente. Caso escolha redimir Djed, o contrato inteligente devolverá ADA segundo o valor atual do dólar aquando da redenção.

Ao contrário de outras stablecoins algorítmicas, o contrato inteligente da Djed não queimará ou cunhará ADA, mas ao invés acumulará uma pool de ADA. O token Djed, por outro lado, é cunhado quando a ADA é enviada e queimado quando o Djed é redimido por ADA.

É possível que possa ocorrer uma situação em que o valor do dólar da ADA colocada na pool seja mais baixo do que o valor do dólar estável dos tokens Djed em circulação. É por isso que é envolvido um segundo token designado Shen.

O Shen é uma moeda reserva que não está indexada a um ativo específico e o seu preço é, ao invés, flutuante. A sua finalidade é cobrir a taxa de colateralização e a flutuação, bem como assegurar a estabilidade. Os utilizadores cunham Shen com ADA, mas não têm permissão para redimir Shen se a pool estiver abaixo do rácio de reserva. Se o rácio de reserva permanecer num máximo, o contrato inteligente não permitirá a cunhagem de Shen.

De facto, os detentores de Djed desfrutam de prioridade para redimirem ADA. Em compensação por fornecerem estabilidade à pool, os detentores de Shen são recompensados com ADA que é deduzida das taxas aquando a cunhagem ou queima de tokens.

Então porque é que a Djed é suposto ser mais estável?

A ideia é sobrecolatelarizar Djed algures entre 400% e 800% com a Shen como moeda de reserva do sistema. Mas dado que a queda da Terra revelou que as stablecoins algorítmicas acarretam riscos, os programadores também desenvolveram dois mecanismos para apoiarem o sistema. Quando o rácio da reserva desce abaixo dos 400%, o sistema limita as ações:

  • Os detentores de Djed só podem redimir por ADA, mas não podem cunhar Djed adicional
  • Os detentores de Shen não podem queimar Shen, mas podem apoiar o rácio de reserva bloqueando ADA e cunhando Shen

Por sua vez, caso o rácio suba acima dos 800%, a cunhagem de Shen será proibida e os detentores de Shen só podem redimir os seus tokens por ADA.

Crê-se que este sistema comprovará ser muito mais robusto do que a solução que a Terra tinha apresentado. Este é, de facto, muito diferente na sua abordagem e tecnologia. Aquilo que é ainda mais importante é que a Cardano precisa de uma stablecoin descentralizada para ajudar o seu ecossistema a prosperar. A testnet pública foi publicado a 4 de maio e será excitante ver se o Djed vai ser resiliente conforme prometido por Charles Hoskinson e pela Coti.

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +70 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app