Escrito por Robert Steinadler há 5 meses

O Vasil está previsto para junho – A Cardano está à espera do próximo hard fork

O ecossistema da Cardano está a prosperar à medida que o valor total bloqueado na sua blockchain aumenta uniformemente. Não obstante, parece que o projeto está a atrasar-se quando comparado com a Binance Smart Chain, Solana, Fantom ou Avalanche. Isto não só se deve ao facto de os contratos inteligentes terem sido introduzidos mais tarde na Cardano, mas também porque ainda há vários desenvolvimentos a decorrer para tornar a tecnologia mais rápida e que são um pré-requisito para aumentar ainda mais a rede. 

Um marco importante que está aí a chegar. O que é o Vasil e como ajudará a Cardano? 

O pipelining acelerará as coisas 

O hard fork Vasil melhorará a performance geral que é necessária para trazer mais aplicações descentralizadas para a blockchain Cardano. Um fator importante será o pipelining de difusão, o qual é uma melhoria na cama de consenso e facilitará a propagação mais rápida do bloco. 

Vale a pena mencionar que o Vasil não é a única solução para o problema, mas sim uma das muitas atualizações que serão implementadas para alcançar esse objetivo. Assim que o Vasil tiver sido lançado em junho as coisas ficarão mais interessantes, segundo Charles Hoskinson, que disse através do Twitter que muitas aplicações estão à espera do Vasil antes de se lançarem na blockchain Cardano. 

Curiosamente, o nome do hard fork não deriva desta vez de um cientista ou de qualquer outra personagem histórica, mas é batizado segundo o embaixador da ADA, Vasil Dabov. 

A performance melhorará através de várias alterações 

As melhorias não se ficarão pelo pipelining. A Cardano vai escalar-se através de uma variedade de soluções. Entre estas estão as sidechains e a Hydra, uma solução de segunda camada que deve escalar ainda mais a Cardano. Esperam-se que muitas das atualizações estejam totalmente funcionais em 2023. 

Entretanto, a Ethereum adiou a Merge (fusão). O evento estava previsto para junho, mas foi adiado sem anunciarem uma data de lançamento. A Merge vai provavelmente acontecer este outono e dado que a Ethereum está a avançar lentamente na alteração e escalação, a Cardano ainda tem tempo para resolver os problemas de escalabilidade para poder competir. 

Continua por ser ver se a escalabilidade e as taxas mais baratas são o fator mais importante para levar mais utilizadores para a Cardano. Ambas já foram alcançadas por outras blockchains, mas sem ameaçar a Ethereum. Parece que o efeito de rede desempenhar o papel mais importante e, até agora, a maioria dos utilizadores estão vinculados à blockchain Ethereum, que também está a usar tecnologias de segunda camada como implementações otimistas para escalar enquanto trabalha no sharding e na transição para a prova de participação. 

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +80 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app