Escrito por Robert Steinadler há 2 meses

O Reino Unido está prestes a cunhar um NFT – Será que os nossos vizinhos se irão tornar no maior centro de criptomoedas?

A UE parece ter assumido um rumo mais restritivo tendo em consideração os resultados da mais recente votação do parlamento sobre como regular as criptomoedas no futuro. No Reino Unido, por outro lado, está tudo a avançar e foi definido um plano de ação ainda ontem.

O que está a planear o tesouro de sua Majestade? E quando é que veremos o primeiro (de sempre) token não-fungível britânico?

O primeiro NFT será cunhado este verão

Segundo o mais recente comunicado de imprensa, a Royal Mint irá honrar o seu nome e cunhará um NFT após ter recebido a ordem por parte do ministro das finanças Rishi Sunak. No entanto, temos todos de aguardar até este verão para vermos o que o ministro das finanças tem em mente relativamente ao design e finalidade do colecionável. Também não é claro aquilo que acontecerá ao NFT e se vai ser colocado à venda ou leiloado.

Acima de tudo, o Reino Unido tornou claro que pretende tornar-se um centro líder em criptomoedas, mesmo às portas da Europa. Um dos maiores centros está situado em Zug, na Suíça, e outro em Berlim também é considerado como um local popular para as startups fintech. Se acreditarmos nas declarações realizadas pelo ministro das finanças, então Londres poderá ser o próximo grande centro quando falamos de criptomoedas e da tecnologia blockchain.

Especificamente, o Reino Unido está a olhar para a possibilidade de elevar o estatuto das stablecoins e de reconhecê-las como um meio de pagamento. Isto levará eventualmente à concorrência entre as stablecoins e a CBDC dado que ambas as tecnologias podem servir consumidores, empresas e bancos da mesma foram. Também há planos para reconhecer as DAOs como entidades legais, em conjunto com as tecnologias Web3, bem como regular bolsas e corretoras.

Que blockchain ganhará a corrida?

A questão mais importante é: que blockchain tornar-se-á a escolha de sua Majestade? Há opções para cunhar os NFTs em Ethereum, Solana, Avalanche, Fantom e inclusive Cardano. E estas são apenas alguns dos nomes das muitas possíveis soluções.

Caso a Royal Mint opte por uma blockchain pública ao invés de uma solução privada, o mercado pode entrar num frenesim relativamente ao primeiro NFT governamental do Reino Unido. Como é óbvio, de momento, tudo permanece altamente especulativo dado que não há quaisquer detalhes disponíveis sobre o NFT aquando da elaboração deste artigo. O pior dos cenários é que a grande cunhagem será um evento que nunca existirá.

Não obstante, com o Reino Unido a demonstrar predisposição para se abrir para a inovação, o anúncio recente é um sinal geral positivo. Continua por se constatar se o ministro das finanças Sunak será bem-sucedido no desenvolvimento de um centro de criptomoedas ou se a abordagem regulatória deixará passar as oportunidades. Nos últimos 12 meses, a FCA apresentou repetidamente avisos contra vários negócios relacionados com atividades de negociação. Outros receberam um prazo prolongado para registarem as suas atividades na FCA.

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +70 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app