Robert Steinadler, há 8 meses

Nasce uma nova stablecoin: a Tether está a lançar a MXNT

As stablecoins têm vindo a ser um tópico quente nas últimas semanas e parece que todo o setor ficou sobre escrutínio. A tempestade em torno da Terra persistiu e parece que, até agora, as stablecoins dominantes que permaneceram oferecem, de facto, algum tipo de estabilidade. Entre estas, a líder de mercado Tether, que acabou de realizar um anúncio no dia de ontem.

O que é a MXNT e porque é que esta stablecoin é particularmente importante?

A América Latina está interessada nas criptomoedas

O México é um dos países mais economicamente significativos na América Latina devido ao facto de ter fortes ligações com o hemisfério norte do continente. A Tether anunciou ontem que vai lançar uma stablecoin que está indexada ao valor do Peso mexicano, com o ticker MXNT.

A MXNT será lançada em três blockchains compatíveis com a EVM, que incluem a Ethereum, Polygon e Tron. Prevê-se que a stablecoin ficará disponível noutras blockchains se a adoção exigir a sua disponibilização noutros protocolos.

Esta é a quarta moeda fiduciária a tornar-se parte do portefólio de stablecoins da Tether, em conjunto com a USDT, EURT e CNHT.

As stablecoins são importantes

Os últimos dois anos revelaram que as stablecoins tornaram-se na espinha dorsal da economia descentralizada. Muitos investidores utilizam-nas para manterem uma posição fiduciária no seu portefólio de criptomoedas ou simplesmente como tokens de preço quando negoceiam nas bolsas descentralizadas.

Um fator igualmente importante é a concessão e contração de empréstimo em fiduciária tokenizada. Com a MXNT, os investidores e operadores da América Latina têm a oportunidade de deter outra moeda além do dólar americano. A região é particularmente amigável para as criptomoedas porque muitos países passam por dificuldades económicas. El Salvador é uma exceção, as noutros países, a adoção também está a decorrer. Em muitos casos, a adoção de criptomoedas ajuda as pessoas a mitigarem a inflação recorde e a instabilidade ao deterem Bitcoin ou dólares tokenizados.

Artigos em destaque
Quão segura é a Bitcoin?
Bitcoin e Ethereum: quais são as diferenças?
Quatro estratégias comerciais para criptos
Artigos relacionados
Coreia do Norte por detrás de um ataque de 600 milhões na Ronin

abr 15, 2022

Segundo o FBI, é óbvio quem está por detrás do ataque à Ronin: a Coreia do Norte. O ataque, que decorreu no mês passado, envolveu mais de 600 milhões de USD: um dos maiores ataques na história às criptomoedas.

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +80 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

  • 2525 Ventures B.V.
  • 3014 DA Rotterdam
  • The Netherlands
Mais informação
  • Sobre a LiteBit
  • Carreiras
  • Support
  • Vender
  • Notícias
  • Educação
  • Affiliates
Assine para receber atualizações

Registe-se para manter-se informado através das nossas atualizações por e-mail

Subscrever
Explore moedas populares
© 2023 LiteBit - Todos os direitos reservados