lb

Escrito por Erik Weijers há 6 meses

Os mineiros norte-americanos de Bitcoin tornam-se detentores

Um dos desenvolvimentos de mercado de 2021 é que os mineiros norte-americanos de Bitcoin já não têm que vender as suas Bitcoin. Ao invés, estes podem reter as Bitcoin que minam. A Hut 8 mining publicou uma declaração no início de dezembro a explicar esta estratégia. Desde 30 de novembro que a empresa canadiana tem mais de 5200 Bitcoin nos seus livros.

Esta nova estratégia financeira também é adotada pela Riot Blockchain, Marathon Digital e HIVE Blockchain Technologies. A tendência demonstra que os mineiros de Bitcoin estão a afastar-se cada vez mais do modelo de negócio de, por exemplo, os produtores de petróleo, que vendem continuamente a sua produção. Estes mineiros estão, por conseguinte, a realizar a transação das empresas de produção puras para detentores.

Para ficarem assegurados, sempre se deu o caso de os mineiros deterem as suas Bitcoin durante determinadas fases do mercado. Quando os preços subissem, eles vendiam. Como é óbvio, os mineiros ainda podem fazer isso caso surja a necessidade, no entanto, a tendência atual demonstra que os mineiros veem cada vez mais a Bitcoin como um investimento estratégico que pode recompensar a longo prazo.

Como é que eles pagam as suas faturas de energia?

Como é que estes mineiros pagam os seus custos operacionais? Eles são auxiliados por ferramentas financeiras que estão agora disponíveis no mundo das criptomoedas. Uma é o rendimento. A Hut 8, por exemplo, revela que está a ganhar rendimento de cerca de 40% do seu tesouro de Bitcoin. As taxas de juro na Bitcoin flutuam e variam consoante o fornecedor. Mas com uma taxa de juro de 4%, a Hut 8 ganharia 80 Bitcoin por ano: à taxa atual, de cerca de 4 milhões de USD. Sem dúvida que não é o suficiente para pagar as suas faturas de energia, mas não deixando de ser uma fonte de receita alternativa decente. Outra forma é emprestando com a Bitcoin como garantia. A Marathon Digital anunciou em outubro que tinha assegurado um crédito renovável automaticamente de 100 milhões, num empréstimo da Silvergate, um banco tradicional.

As empresas norte-americanas supramencionadas minam cada cerca de 200 Bitcoin por mês – com a Riot no topo da lista com mais de 400. Todas as empresas beneficiaram significativamente do êxodo de mineiros da China, na primavera de 2021. Ao fazerem-no, elas obtiveram, pelo menos temporariamente, uma cota substancialmente maior do hashrate total.

O que é que isto significa para o preço?

Embora a quantidade de Bitcoin que "sai da terra" tenha menos peso hoje em dia do que costumava ter, o facto de que os mineiros não estão a vender ainda pode ter um efeito sobre o preço. O CEO da Marathon informou a Blockworks em outubro, "Os mineiros, ao deterem a bitcoin e ao não liquidarem, isto cria uma crise de liquidez no mercado, o que ajuda a suster o preço da bitcoin. Não é que isto se trate dos mineiros estarem a colaborar nisto de forma alguma, mas acho que todos os mineiros acreditam que o preço da bitcoin subirá, e ao não vendermos bitcoin, provocamos essencial uma certa subida de preço."

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +70 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app