Escrito por Erik Weijers há 7 meses

El Salvador para os EUA: metam-se na vossa vida

O presidente de El Salvador Nayib Bukele respondeu ao projeto de lei de três senadores dos EUA. Eles propõem investigar o impacto económico na América pela adoção da Bitcoin por parte de El Salvador. A resposta de Bukele: “Não somos a vossa colónia."

No projeto lei, os senadores dos EUA avisaram do perigo da Bitcoin abrir a porta para os cartéis branquearem dinheiro através de El Salvador. Em El Salvador, a Bitcoin é uma moeda corrente. O país também tem cerca de 1800 Bitcoin no seu tesouro.

Uma das coisas que os senadores propuseram que fosse investigada é “as estruturas de sanções existentes nos Estados Unidos e o potencial para a utilização da criptomoeda para contornar essas sanções”.

Ok boomers...

Conforme temos vindo a esperar dele, por exemplo numa resposta anterior quando o FMI lhe solicitou para deixar de utilizar Bitcoin, Bukele respondeu no Twitter com sagacidade e um piscar de olho. O seu tweet:

OK boomers... Têm 0 jurisdição numa nação soberana e independente. Não somos a vossa colónia, o vosso quintal ou alpendre. Mantenham-se afastados dos nossos assuntos internos. Não tentem controlar algo que não podem controlar 😉

Apoio para El Salvador

No Twitter das criptomoedas, Bukele recebe geralmente apoio. Os motivos dos senadores dos EUA estão a ser questionados. Por exemplo, a narrativa saturante de que a Bitcoin é utilizada para a atividade criminosa. Mesmo embora a investigação da Chainalysis, de 2020, demonstre que apenas 0,34% das transações de criptomoedas são utilizadas para atividade criminosa.

Simon Dixon resume bem o ponto principal das respostas neste tweet:

WASHINGTON – Senador dos EUA Jim Risch

O que disse -

"A nova política de El Salvador tem o potencial de enfraquecer a política de sanções dos EUA, fortalecendo intervenientes maliciosos como a China e as organizações de crime organizado"

O que queria dizer -

"A nova política de El Salvador tem o potencial para torná-los livres da dívida para com os EUA, encoraja a competição saudável dos países que salva e detêm os criminosos que criem registos imutáveis do seu crime na #Blockchain como o crocodilo de Wall Street. Parem a #Bitcoin"

Também há críticas a Bukele

Embora Bukele possa contar com o apoio de muitos Bitcoiners, também há críticas à sua governação. Por exemplo, o Bitcoiner Alex Gladstein, CSO da Human Rights Foundation. Ele acusa Bukele de tendências ditatoriais, à medida que "desmantela as instituições democráticas mais depressa do que Hugo Chávez.”

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +80 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app