Escrito por Robert Steinadler há 2 meses

Deixe-as queimar: como é que a Shiba Inu reduz a sua oferta de tokens

A Shiba Inu foi um dos tokens que mais interesse gerou em 2021. Uma parte desse sucesso deve-se ao facto de que as moedas meme assistiram a uma subida drástica de preço após a Dogecoin ter tido um tremendo sucesso. No entanto, apresentar memes engraçados por si só não é o suficiente para impulsionar o projeto a continuar a ter êxito. Quer queira, ou não, acreditar, até uma moeda meme como a SHIB tem uma equipa por detrás desta que trabalha constantemente de fundo para ajudar a comunidade e o token a prosperarem.

Como é que a Shiba Inu irá melhorar o seu ecossistema queimando tokens? E qual será a recompensa para os detentores de tokens que sacrificam os seus ativos?

O portal de queima está ativo e a funcionar

O portal de queima foi anunciado pela equipa através do Twitter, em abril, e já abriu as suas portas à comunidade. A sua função é relativamente simples. É um designado endereço de queima que destruirá todos os tokens SHIB que serão transferidos para este.

Os detentores de tokens podem fazer uso do portal enviando os seus tokens SHIB e queimando-os para sempre. De facto, a oferta total de Shiba Inu é reduzida. Os mecanismos de queima comprovaram contribuir ser bem-sucedidas para a tokenomics de um projeto de vez em quando. Se o incentivo para deter um token for alto e a oferta for constantemente queimada, a procura encontrará eventualmente uma oferta escassa.

A 25 de abril, os programadores anunciaram através do Twitter que tinham sido queimadas 8 mil milhões de SHIB através do portal. Aquando da escrita deste artigo, uma quantia total de 24 mil milhões de SHIB desapareçam para sempre.

Porque é que alguém queimaria SHIB?

A ideia por detrás da queima de tokens é que os utilizadores recebam uma recompensa em compensação. Ao queimarem SHIB, eles recebem um token designado burntSHIB, que lhes dará direito a ganharem recompensas denominadas num terceiro token.

Esse token é o RYOSHI, cujo nome deriva do fundador anónimo da Shiba Inu. O mecanismo destina-se a torna-lo mais atrativo para queimar SHIB e receber RYOSHI enquanto, à mesma altura, tornavam o Shiba Inu mais escasso. Isto parece um pouco louco à primeira vista, mas pode impulsionar a procura ainda mais com o passar do tempo.

Foi ontem que os programadores anunciaram que o ciclo de recompensa para receber RYOSHI iniciar-se-á a 17 de maio e decorrerá a cada duas semanas. Não obstante, continua por se constatar se os investidores foram bem aconselhados a queimar a sua SHIB ao invés de manterem o token e de esperarem por mais ganhos.

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +70 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app