Escrito por Erik Weijers há 2 meses

As altcoins saem da tendência de descida que durava há meses

Na semana passada, dia 16 de março, o mercado das altcoins saiu da tendência de descida de há meses. Desde que atingiu o mínimo a 24 de fevereiro, o mercado das altcoins, no geral, subiu mais de 28%. Listamos algumas alts.

Tal como é frequentemente o caso nos mercados das criptomoedas, a Bitcoin subiu antes das demais, também nas últimas semanas. A rainha entre as criptomoedas desceu para o seu mínimo antes da maioria das alts – a 24 de janeiro. A 4 de fevereiro, a Bitcoin rompeu a sua respetiva tendência de descida.

No gráfico, encontramos o valor total de mercado de todas as criptomoedas menos a BTC, ou seja, o valor de todas as alts somadas.

Como é que se saíram estas altcoins?

  • Ethereum (ETH): 41% desde o mínimo. A ETH atingiu o seu ponto mínimo antes da maioria das alts – tal como a BTC, a 24 de janeiro.
  • Cardano (ADA): subiu 51% desde o mínimo. A Cardano tem estado a subir particularmente forte na última semana. Talvez ajudada pelas notícias de que a Coinbase vai introduzir o staking da ADA.
  • Terra (LUNA): a Terra está a sair-se lindamente e já ganhou 118% desde o mínimo de finais de janeiro. As boas notícias continuam a surgir. A LUNA definiu inclusive um novo máximo histórico a 9 de março.
  • Thorchain (RUNE): teve uma performance acima da maioria de todas as moedas nas últimas semanas. Teve de percorrer um longo caminho e não está, nem de longe, perto dos máximos históricos.
  • Axie Infinity (AXS): 50% desde o mínimo, incluindo 21% nos últimos dois dias. Contudo, ainda bem abaixo do máximo de 2021.
  • Dogecoin (DOGE): 29% desde o mínimo, incluindo 12% nos últimos dois dias. A Doge ainda tem muito caminho a percorrer para chegar ao topo de 2021.

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +70 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app