Escrito por Erik Weijers há um mês

A Tron lança a sua própria stablecoin

O mercado das stablecoin está a dar as boas-vindas e um novo interveniente. A Tron está a lançar a sua própria stablecoin: USDD. A partir de 5 de maio de 2022, a stablecoin algorítmica ficará disponível. As notícias surgem praticamente duas semanas após a NEAR ter anunciado que também iria lançar a sua própria stablecoin. O mercado da stablecoin cresceu em centenas de percentagem nos últimos dois anos para aproximadamente 180 mil milhões de dólares.

A USDD estará disponível na Ethereum e na Binance Chain. O princípio segundo o qual o fundador da Tron, Justin Sun, molda a sua stablecoin é muito similar ao da UST (Terra). A Terra utiliza a sua respetiva moeda LUNA para manter o preço da UST estável. É assim que a USDD também vai funcionar.

Suponha que o preço da USDD cair ligeiramente abaixo de um dólar. Os utilizadores podem sempre trocar um dólar de Tron por 1 dólar de USDD. Assim sendo, a um preço USDD ligeiramente mais baixo, isso representa um pouco mais de 1 USDD. Como este designado processo de arbitragem aumenta a procura por USDD, o preço da USDD volta a subir para 1 $. Quem cambia o dinheiro acaba por arrecadar o lucro. Um processo, reverso, similar coloca novamente o preço da USDD em 1 $ quando a USDD está ligeiramente acima deste.

Prevenir uma espiral da morte

Estes incentivos económicos mantêm a USDD a 1 $, pelo menos em princípio. Mas o sistema é vulnerável a grandes choques de preço da Tron. Todas as stablecoins algorítmicas correm o risco de cair naquilo que se designa como uma espiral da morte. Isso aconteceu recentemente com a stablecoin Neutrino da rede Waves. A Neutrino perdeu a sua indexação e agora vale cerca de 86 cêntimos.

Para evitar isto, alguns emissores de stablecoins algorítmicas retiram o princípio não-algorítmico das stablecoins, que é o de definir um limite de capital. Compare-o com a forma como o ouro pode apoiar a moeda de um país. De uma forma comparável, as stablecoins podem ser apoiadas por algo de valor do “mundo real”. Esta é forma como funcionam as primeiras stablecoins: USDT e USDC. Estas são apoiadas por ativos do sistema financeiro tradicional.

A Terra e a Tron estão a fazer algo similar, excetuando o facto de que as suas stablecoins são apoiadas por ativos de criptomoedas. A Terra, por exemplo, já está a angariar fundos de milhares de milhões em Bitcoin, Avalanche e talvez outras criptomoedas. A Tron também diz que vai carregar dezenas de milhares de milhões em ativos de criptomoedas. Contudo, ainda não sabe qual será a criptomoeda.

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +70 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app