Escrito por Erik Weijers há um mês

A coleção de NFTs Moonbird teve um início prometedor

A 16 de abril, a coleção Moonbird foi lançada. As corujas pixelizadas poderiam ser cunhadas por 2,5 ETH. Algumas horas mais tarde, os derivativos estavam a mais de 20 ETH. Parece que o projeto potencial para perdurar, tal como os punks e os apes.

Foi o lançamento mais bem-sucedido de um projeto NFT do ano. Em dois dias, foram realizados 280 milhões em vendas. Em 24 horas, mais volume foi negociado do que os Apes no último mês combinados (os Bored Apes são a coleção de NFTs mais cara e mais negociada nos dias de hoje).

Os Moonbirds, como os CryptoPunks e os Bored Apes, têm várias características mais ou menos raras (chapéus, coroas, cor etc.), que determinam parcialmente o seu valor. Os compradores de um Moonbird recebem a propriedade intelectual da sua coruja e podem, assim, fazer o que quiserem com este: construir uma empresa em torno dele, por exemplo.

Benefícios de filiação

Os Moonbirds enquadram-se na categoria de NFTs de Imagem de Perfil. Mas há muito mais que é possível com estes. Detê-los é equivalente a ser um membro de um clube. Com o passar do tempo, isto fornece aos compradores Moonbirds todos os tipos de benefícios, tanto no mundo real como no Metaverso que está a ser construído em torno do projeto. Pense no acesso a um grupo Discord que é seu. O criador Kevin Rose, Investidor de Risco Web3, também prevê uma aplicação na qual a filiação está associada ao mundo real e fornece benefícios neste.

Nesting ao invés de staking

Para desenvolver um sentido de comunidade e prevenir que os compradores “despachem” o seu Moonbird de imediato, foi introduzido o nesting. Poderia chamar-lhe uma forma de staking para NFTs. Durante o passar dos meses, a sua coruja constrói o seu ninho e para isso, o proprietário, é recompensado com futuras airdrops. O nesting ainda não está implementado, mas está previsto para breve.

Visão a longo prazo ao invés de despachar

A cunhagem de Moonbird provém do coletivo Proof. Este é um clube de 1000 colecionadores de arte. O cartão de sócio do clube? Como é óbvio, um NFT. Desde o início, a Proof colocou menos ênfase em fazer lucro com os NFTs e dedicou mais atenção à visão a longo prazo. A arte hodling, por assim dizer. Poderá ver o lançamento dos Moonbirds como uma expansão do círculo de membros.

O supracitado Kevin Rose também foi o fundador da Digg, um dos primeiros websites de notícias sociais, em 2004. Ele fala sobre quão mais fácil é ser rentável enquanto empresa e enquanto comunidade devido aos NFTs. É um novo modelo de receita que torna a publicidade desnecessária: "Tínhamos 38 milhões de utilizadores na Digg e ainda assim não conseguíamos gerar lucro. Estávamos a viver num mundo de anúncios, que levou a más decisões comerciais. Agora, estamos num belo novo mundo onde não temos de vender mais os nossos utilizadores. Fazemos receita com os direitos de autor."

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +70 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app