Erik Weijers, há 5 meses

O que é a arte generativa no mundo dos NFT?

A arte generativa é arte produzida por um sistema autónomo. Ou, mais precisamente, a colaboração entre um humano e uma máquina, ou algoritmo. É uma forma de arte que é comum no mercado NFT. Isto explica a sequência numérica de coleções e a “parecença familiar” entre NFTs individuais da mesma coleção.

Para criar uma coleção de um milhar ou inclusive de dez milhares de obras de arte, um artista pode precisar de alguma ajuda de um algoritmo para:

1. Determinar um conjunto de propriedades.

2. Determinar o número de variantes para cada propriedade.

3. Misturar e cunhar!

As coleções de NFTs baseadas em princípios generativos surgem tanto em variedades elegantes como em menos elegantes. As coleções abstratas da Fidenzas, por exemplo, são mais “eruditas”, enquanto a arte de foto de perfil como os Bored Apes ou os Moonbirds são mais para o homem comum - desde que esse homem comum tenha um saco carregado de ETH à mão… em todos estes casos, há uma distribuição de propriedades aleatória envolvida na criação de dezenas de milhares de espécimes.

História da arte generativa

Os projetos de NFT não são, de forma alguma, os primeiros exemplos da utilização da arte generativa. Nos anos 60, os primeiros artistas utilizaram os computadores para criarem arte. Mas mesmo antes dessa altura, a arte generator já existir sob outras formas. Por exemplo, no século dezoito, havia o popular “jogo dos dados musicais”, onde uma peça de música era composta baseada na repetição de um dado lançado.

Projetos de arte generativa no mundo dos NFTs

O processo de tokenizar NFTs dá um toque interessante à arte generativa. A criação é feita executando um contrato inteligente na, digamos, Ethereum através de uma série de passos. Estes podem incluir utilizar o endereço da carteira da pessoa que cunha o NFT como uma variável de entrada. Em última instância, isto fornece um elemento lúdico de aleatoriedade à criação.

Os pioneiros: Autoglyphs

Após a primeira arte generativa ter sido cunhada na Ethereum em 2018, a Larva Labs surgiu com os Autoglyphs em 2019. Este é considerado o primeiro projeto de arte generativa na blockchain. Entretanto, a coleção na OpenSea atingiu um volume total de negociação de praticamente 20 000 ETH. O preço base é de 189 ETH aquando da elaboração deste artigo. Aquilo que torna os Autoglyphs únicos é que a informação necessária para gerar a imagem encontra-se na blockchain. Isto explica o porquê de as imagens serem tão minimalistas: os dados tiveram de ser utilizados muito moderadamente. A maioria dos NFTs, ao contrário dos autoglyphs, são apenas “apontadores” que apontam para a obra de arte que está armazenada noutro local.

Os Fidenzas

Os Fidenzas de Tyler Hobbs são talvez a coleção de arte generativa mais conhecida. Em junho de 2021, foram cunhados 999 na Art Blocks por 0,17 ETH. Atualmente, o preço base é de mais de 80 ETH.

Hobbs trabalhava como cientista de computação quando ficou intrigado com a Art Blocks (consulte abaixo). Ele decidiu criar a sua própria coleção, inspirado pelo expressionista abstrato Francis Klein. Segundo Hobbs, o algoritmo da Fidenza conseguiu cunhar espécimes surpreendentes de cada vez que o fez. O truque, acrescenta, é permitir que haja variedade suficiente dentro de determinados limites. Dessa forma, cada NFT pode ser surpreendente sem se tornar tudo numa caótica confusão. Essa é a ténue linha que a arte generativa deve seguir.

Art Blocks: a oficina de NFTs para arte generativa

A Art Blocks é uma oficina e mercado online de NFTs inteiramente dedicada à arte generativa. Fundada em 2020, esta pretende fornecer um local para arte puramente programável, tanto em imagem quanto em vídeo.

Os artistas podem criar aqui eles próprios, escolhendo múltiplos parâmetros (propriedades). A cunhagem dos NFTs é realizada na Ethereum. Os utilizadores da plataforma pagam com Ethereum quando cunham um NFT (ou vários) de uma nova coleção.

Além da designada fábrica, onde qualquer um pode criar, também uma coleção da curadoria da própria Art Blocks. Essa coleção curada é responsável pela maioria das vendas.

Artigos em destaque
Quão segura é a Bitcoin?
Bitcoin e Ethereum: quais são as diferenças?
Quatro estratégias comerciais para criptos
Artigos relacionados
Explicação sobre a LooksRare: como é que a LOOKS está a desafiar a OpenSea

set 08, 2022

Os NFTs são um dos mercados de maior crescimento e já captaram o interesse de intervenientes globais como a eBay. O maior mercado de NFTs a nível mundial continua a ser a OpenSea, com uma receita anual de múltiplos milhares de milhões de dólares. Há bastantes motivos para os NFTs se terem tornado tão bem-sucedidos. Em primeiro lugar, as coleções de NFTs são divertidas e estão a criar fortes comunidades. Mas aquilo que é ainda mais importante é que há uma variedade de casos de uso para os tokens não-fungíveis.

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +80 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

  • 2525 Ventures B.V.
  • 3014 DA Rotterdam
  • The Netherlands
Mais informação
  • Sobre a LiteBit
  • Carreiras
  • Conta comercial
  • Support
  • Vender
  • Notícias
  • Educação
Assine para receber atualizações

Registe-se para manter-se informado através das nossas atualizações por e-mail

Subscrever
Explore moedas populares
© 2022 LiteBit - Todos os direitos reservados