Escrito por Robert Steinadler há um mês

O que determina o preço da Bitcoin?

O valor de uma moeda fiduciária é habitualmente definido por um banco central. Este é o caso para o Euro, bem como para o Dólar americano. Com a Bitcoin, as coisas são diferentes, dado que não há nenhuma entidade centralizada que esteja a regular a sua política monetária. Tudo é determinado pelo protocolo da Bitcoin. Também há fatores muito simples, mas efetivamente externos, em jogo quando se trata de determinar o preço de uma única Bitcoin.

Como é determinado o preço da Bitcoin e que mecanismos, além do protocolo, entram em jogo?

Oferta e Procura

As regras básicas que se aplicam à Bitcoin e determinam o preço da BTC são muito simples. A oferta e a procura estão correlacionadas uma com a outra. Se houver imensa oferta disponível e nenhuma procura, então o preço irá descer. Caso a oferta contraia ou a procura aumente drasticamente, então o preço sobe.

Como é óbvio, isto é uma descrição básica de como funciona o mercado, mas com a Bitcoin, isto tem um maior peso do que com outros ativos. O motivo para este facto também é simples. O protocolo da Bitcoin limita a quantidade de BTC a sensivelmente 21 milhões que alguma vez irão existir.

Isto significa que, ao contrário das moedas fiduciárias, a Bitcoin segue regras estritas que não permitem aumentar ou diminuir a quantidade de BTC que está a circular no mercado. Por conseguinte, as alterações na oferta ou na procura têm um impacto maior no mercado e, por conseguinte, no preço. Como é óbvio, a oferta total é sempre a mesma, mas a oferta disponível no mercado pode mudar com o passar do tempo. Se os investidores optarem por deter as says BTC, a oferta será mais afetada do que com as moedas, as quais podem ser inflacionadas. Por outro lado, caso optem por vender a BTC, então só há uma quantidade fixa que poderá exercer pressão no preço até ser teoricamente toda vendida.

Porque é que o preço da Bitcoin é assim tão volátil?

A Bitcoin não é apenas a primeira criptomoedas, esta também é a mais dominante segundo o seu valor de mercado. Isto pode deixar a impressão de que a BTC é, de facto, um negócio muito grande. A verdade é que a Bitcoin é um ativo relativamente pequeno quando comparado com outros que estão mais estabelecidos, como o ouro.

Com um valor de mercado que ainda é pequeno, o preço das Bitcoins pode ser influenciado mais facilmente. Crê-se que a volatilidade desaparecerá assim que o valor de mercado tenha atingido um tamanho mais significativo. Esta teoria é suportada pelo facto de que a volatilidade já diminui durante o último par de anos.

A BTC ainda regista grandes movimentos de preço e é considerada como sendo volátil ao seu valor de mercado atual. Assim que atingir um valor de mercado que seja similar ou maior do que o do ouro, este comportamento irá, muito provavelmente, adaptar-se e demonstrar um padrão similar a ativos do mesmo tamanho.

O preço da Bitcoin pode chegar a zero?

Sim, isto é absolutamente possível. Mesmo embora a probabilidade não seja muito alta, o preço da Bitcoin poderá descer até zero. O único motivo que mantém o preço da Bitcoin alto é a perceção dos investidores e o porquê de atribuírem valor à BTC.

Algumas pessoas acreditam que a Bitcoin tem melhores propriedades do que o ouro e de que atuará como reserva de valor digital. Outras pensam que devido a estas propriedades, a BTC é a melhor proteção contra a inflação. Afinal de contas, ela é muito rara. No entanto, se os investidores deixassem de acreditar nestas coisas, então a Bitcoin tornar-se-ia um mero colecionável e, muito provavelmente, só reteria valor no preço devido a alguns colecionadores.

Também é por isso que o preço da Bitcoin, por vezes, é determinado pelas notícias. Em maio de 2021, o governo chinês baniu a mineração de Bitcoin através de uma nova política. Num curto período de tempo, o hash rate da rede caiu e o mesmo aconteceu com o preço.

Para a maioria dos profissionais na indústria, é muito claro que isto só seria temporário, porque ainda seria muitíssimo atrativo minar a Bitcoin. Não obstante, o público em geral ficou assustado com as notícias e começou a vender. Alguns meses depois, o hash rate e o preço recuperaram e a Bitcoin atingiu inclusive um máximo histórico em novembro de 2021.

Este é um exemplo primordial de quanto impacto a perceção pública tem sobre o preço da Bitcoin. A boa notícia é que este efeito também funciona no sentido inverso e para benefício da Bitcoin.

Custos de produção e o preço da Bitcoin

Tal como o exemplo do banimento da mineração chinês em 2021 já evidencia, a produção de Bitcoin acarreta um custo. Os mineiros têm de investir em hardware, bem como em energia, para colocarem o equipamento a funcionar. O pessoal e o aluguer dos locais representa apenas uma fração dos custos.

Isto é uma imagem muito típica para um bem de consumo e os custos de produção são associados com o preço da Bitcoin. Os mineiros só podem manter os seus negócios quando o preço da Bitcoin é suficientemente alto. Se o preço descer e os mineiros não tiverem nenhuma, ou tiverem pouca, liquidez de lado, eles só podem continuar durante um determinado período de tempo.

Após os fundos se esgotarem, a designada capitulação do mineiro entra em ação, o que significa que estes têm de vender tudo o que têm em sua posse e ficar sem negócio. Por conseguinte, as circunstância da indústria de mineração podem ter um impacto sobre o preço da Bitcoin.

É possível prever o preço da Bitcoin?

Resumindo: não. Não é possível prever o futuro e prever um nível de preço para a Bitcoin. Aquilo que é possível é recolher dados suficientes e fazer uma pesquisa de mercado para especular com o desenvolvimento de preço da Bitcoin. O preço tanto pode subir quanto descer, sendo uma escolha binária se excluirmos a possibilidade de movimentos laterais para bem do exemplo.

Não obstante, a maioria das pessoas não consegue prever a direção corretamente e os dados indicam claramente que cerca de 68% dos traders diários perdem o seu dinheiro. Mas como é que os restantes são bem-sucedidos?

Uma explicação é a sorte e a outra é que eles tentam chegar a uma conclusão e apontam para uma probabilidade que é ligeiramente melhor do que 50/50. A análise técnica e fundamental do mercado ajuda a criar uma situação com esse resultado. Observe que até os profissionais não desfrutam de certezas quanto ao resultado das suas negociações. Ao invés, eles confiam em estratégias e instrumentos financeiros complexos, com as opções ou derivados, para superarem as probabilidades, inclusive se a negociação se deslocar na direção oposta.

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +70 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app