litebit

há 3 meses

A Uniswap explicada: como funciona a Uniswap?  

No verão de 2020, o espaço das criptomoedas encontrou um novo fenómeno que já estava a ser preparado há algum tempo. Uma nova forma de DApp emergiu, oferecendo um conjunto de casos de utilização totalmente novos para a tecnologia blockchain. Uma das invenções mais notáveis que se enquadra nesta categoria é a Uniswap. É um exemplo para a história de êxito deslumbrante das finanças descentralizadas.

Neste artigo, gostaríamos de explicar o que é realmente a Uniswap, como funcionam as suas funções básicas e como pode lucrar com as opções que esta plataforma em particular oferece.

O que é a Uniswap?

A Uniswap é um serviço descentralizado que permite trocar Ether, a moeda nativa da blockchain Ethereum, bem como tokens que também são nativos da mesma blockchain. Um serviço tão descentralizado enfrenta sempre um problema central, nomeadamente fornecer liquidez suficiente para tornar-se um mercado atrativo para um grande número de utilizadores. Sem liquidez e disponibilidade suficientes de uma grande coleção de ativos os livros de ordem de alguns pares de negociação podem ficar vazios e a bolsa não consegue processar as ordens a pedido.

A Uniswap está a resolver este problema oferecendo aos utilizadores o ganho do juro fornecendo liquidez. A liquidez é amealhada nas pools. Um pool de liquidez aparece sempre em pares e a liquidez tem de ser fornecida num rácio 50/50. Este par para uma pool de liquidez poderá consistir em Ether e USDC, mas todas as outras combinações também são possíveis. Por sua vez, as pools de liquidez são premidas com uma taxa de juro.

Esta taxa de juro pode variar imenso e, em alguns casos, fornecer inclusive retornos de 1000% APR ou inclusive mais. De modo geral, a taxa de juro também está a refletir o risco que os fornecedores de liquidez assumem para fornecerem a liquidez. Aqueles pares que têm maior procura e que já têm uma liquidez significativa oferecem habitualmente uma baixa percentagem, enquanto os pares menos populares podem oferecer uma enorme recompensa.

De que preciso para começar a utilizar a Uniswap?

Dado que a Uniswap é um protocolo descentralizado, precisará de uma carteira Ethereum correspondente para interagir com a plataforma. A MetaMask é uma escolha muito comum para fazê-lo. Assim que tiver concluído a configuração da carteira precisará de Ether, o token nativo para a blockchain Ethereum. Pode comprar facilmente ETH na LiteBit e enviá-la para a sua respetiva carteira.

Para conectar-se à interface web da Uniswap, tem primeiro de conectar e desbloquear a carteira do seu navegador. Observe que todas as interações e transações na Uniswap são finais e cada uma requererá que pague uma taxa. Caso procure reforçar a sua segurança com este e qualquer outro serviço descentralizado, recomenda-se uma carteira de hardware em combinação com a MetaMask. Assim que estiver conectado, pode trocar tokens ou utilizar uma das pools de liquidez para ganhar juros.

Como posso fornecer liquidez na Uniswap?

Para fornecer liquidez, precisará do token pretendido e de retê-lo na sua carteira. Digamos que gostaria de fornecer liquidez à MANA e ETH. Pode comprar ambas na LiteBit e enviá-las para a sua carteira. Assim que os fundos tiveram chegado à sua carteira, pode visitar o website da Uniswap e seguir estes passos:

  • Selecione o menu pool e confirme se o par pretendido está disponível
  • Reveja o nível do juro e ajuste-o em conformidade
  • Defina um intervalo de preço
  • Deposite as quantias
  • Aprove a transação e acrescente a liquidez à pool

Assim que tiver enviado a quantia para o contrato inteligente, receberá automaticamente os Tokens LP na sua carteira. Estes tokens representam a sua cota na pool de liquidez e assim que sair da sua posição na pool, pode redimi-los pelos tokens que deu anteriormente. Observe que a quantia que receba de volta pode diferir devido à reequilibração que ocorre regularmente.

Qual é o maior risco de utilizar a Uniswap?

Há imensos riscos envolvidos que fazem habitualmente parte da negociação e do espaço das criptomoedas. Mas também há inúmeros riscos adicionais porque a Uniswap é uma aplicação descentralizada. Um dos problemas mais comuns é que o contrato inteligente que executa a Uniswap pode ter uma vulnerabilidade. Embora a Uniswap seja minuciosamente auditada e esteja a receber atualizações, há sempre a possibilidade de ocorrer uma exploração.

Muitos outros protocolos DeFi já foram exploradas e os riscos do contrato inteligente permanecem em todos os produtos neste espaço. Observe que estes não são riscos envolvidos apenas na utilização da Uniswap e da DeFi no geral. Não há nenhuma autoridade central que possa intervir ou reverter transações maliciosas provocadas por uma exploração ou por qualquer outro evento imprevisto.

O Token Uniswap

A Uniswap também tem o seu respetivo token com o identificador UNI. O token é utilizado para a governação da plataforma e o seu valor deriva parcialmente do facto de que é atrativo ter uma palavra a dizer sobre como o protocolo avançará no futuro.

Todos os que têm o token Uniswap são considerados como uma parte da comunidade e recebem o direito de votar e de efetuar propostas à comunidade. Desta forma, o protocolo pode adaptar-se às necessidades da comunidade e a todo o mercado no geral. Pode comprar e vender UNI na plataforma descentralizada em si ou pode adquiri-la diretamente na LiteBit pagando com SEPA, Sofort ou cartão de crédito.

As finanças descentralizadas são o futuro?

Já há inúmeros produtos fantásticos disponíveis no espaço DeFi e a Uniswap é um destes. É sempre possível sonhar com todas as possibilidades desta tecnologia em particular e da sua próspera comunidade. Mas a DeFi tem de amadurecer primeiro. Além de todas as façanhas, muitos projetos estão numa fase inicial. Algo que também está a ser desenvolvido e que é necessário são as soluções de Camada 2 que permitem mais velocidade e taxas de transação menos dispendiosas.

Também há inúmeros casos de utilização que ainda não podem ser desenvolvidos na DeFi. A maioria destes requer algum tipo de clarificação legal antes de tornarem-se uma realidade. Digamos que gostaria de criar uma empresa de seguros descentralizada. Como é que isto se enquadra no enquadramento regulatório? Esta e outras questões precisam de ser respondidas antes de produtos fiáveis poderem ser inteiramente construídas na blockchain.

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +40 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app