litebit

há 2 meses

O que são os nós Bitcoin?

Não é assim tão complicado gerir um nó Bitcoin. Embora muitas pessoas prestem atenção ao que os mineiros estão a fazer e ao porquê da prova de trabalho ser tão importante para a rede, elas ignoram frequentemente o facto de que cada nó desempenha um papel importante. Mas o que é um nó Bitcoin, e o que é que faz exatamente? No artigo de hoje, queremos elucidar as dúvidas sobre um dos componentes centrais da rede Bitcoin.

O que é um nó Bitcoin?

Em termos gerais, um nó é um computador que se conecta a outros computadores seguindo regras predefinidas e partilhando informação. Com a Bitcoin, estas regras são definidas pelo protocolo da Bitcoin. Os nós são críticos numa rede peer-to-peer porque são necessários para manter a rede em funcionamento. Talvez já tenha ouvido falar do termo “nó integral”.

Um nó integral é um computador na rede Bitcoin que aloja e sincroniza uma cópia integral de toda a blockchain Bitcoin. Cada nó integral valida as transações e blocos, e a maioria destes aceita transações e blocos de outros nós integrais. Por conseguinte, a sua tarefa principal é validar as transações utilizando a sua cópia da blockchain e transmiti-la para o resto da rede.

Nós leves – A versão mais comum

A execução de um nó integral requer inúmeros recursos e, por conseguinte, não é praticável com todos os dispositivos. Este é particularmente o caso quando a capacidade do disco rígido é limitada. Para resolver este problema e tornar as carteiras na aplicação mais comum nestes dispositivos, é necessário um nó leve para realizar esta função.

Um nó leve não tem uma cópia integral da blockchain Bitcoin. Este só descarrega os cabeçalhos do bloco, tornando-os mais rápidos e mais pequenos em termos de espaço de disco. Os nós leves estão dependentes dos nós integrais e ou serão conectados a um servidor público que os irá sincronizar com a rede ou a um nó integral específico definido pelo utilizador.

Caso esteja a utilizar a carteira Electrum, isto é algo que pode experimentar. Devido ao facto do software ser um cliente leve, este permite-lhe conectar-se a um servidor ou nó integral que escolher para interagir com a rede. O mesmo se passa para a maioria das carteiras de software que são disponibilizadas para o seu smartphone. Só há apenas algumas exceções em que uma carteira de software num smartphone atuará como um nó integral. Aquando da elaboração deste artigo, isto requereria mais de 350 GB de espaço livre no disco.

Os mineiros também são nós

Embora seja por vezes vistos como estando à parte do resto da rede, estes não o são. Os mineiros também estão a gerir nós na rede, mas também servem um propósito diferente. Ao invés de validar e propagar blocos e transações, estes acrescentam novos blocos à blockchain.

Se um mineiro for bem-sucedido a encontrar um novo bloco resolvendo um quebra-cabeças criptográfico, o resto da rede valida esse bloco e este torna-se parte da cadeia. Por sua vez, o mineiro recebe uma recompensa, consistindo na designada recompensa do bloco e as taxas das transações que estão incluídas no bloco que o mineiro resolveu.

Outros tipos de nós

Muitas outras criptomoedas utilizam uma tecnologia diferente da utilizada pela Bitcoin e, por conseguinte, os nós também podem ter diferentes funções. Na maioria dos casos, a diferença é criada utilizando outro modelo de consenso. Embora a Bitcoin utilize a prova de trabalho, muitas outras criptomoedas utilizam a prova de participação ou inclusive modelos totalmente diferentes.

Nós principais

Um exemplo são os nós principais. Um nó principal é um tipo especial de nó integral. Além de validarem as transações e de armazenarem a blockchain, estes nós também oferecem serviços. De seguida, dispõe de um par de exemplos do que estes podem fornecer:

  • Transações instantâneas
  • Votação de governação na rede/DAO
  • Transações privadas

Ao fornecerem estes serviços, estes fortalecem e estabilizam a rede. Ao contrário dos nós integrais, um nó principal requer frequentemente um determinado limite de uma criptomoedas em particular para qualificar-se para esta função especial na rede. A ideia é que um nó principal precisa de ter um papel importante na rede para ser de confiança. Caso contrário, este pode tentar prejudicar a rede com transações maliciosas. Em compensação por fornecerem estes serviços e bloquearem as moedas, os nós principais recebem frequentemente uma participação da recompensa do bloco juntamente com os mineiros.

Nós de staking

A prova de participação é um modelo de consenso que não requer vastas quantidades de energia ou de hardware. Muito similarmente aos nós principais, um nó de staking é um nó integral que tem de ter um papel importante na rede, assim sendo, é um nó integral que detém uma determinada quantidade de moedas.

Este também segue uma ideia similar à dos nós principais. Sendo uma parte interessada, os participantes têm um incentivo para não fazerem batota e cumprirem as suas funções honestamente. Os nós de staking participam na criação, aprovação e validação dos blocos. Eles recebem uma recompensa do bloco similar à dos mineiros.

Negocie a qualquer hora e em qualquer lugar

Melhore o seu impacto de negociação e tempo de reação em +40 criptomoedas através do acesso instantâneo ao seu portifólio com o app LiteBit.

download app